A retoma do «Lusitânia»

Como já se viu este «blog» articula-se com um outro a que chamei «Lusitânia». Não tem a ver com o navio do mesmo nome, cujo afundamento em 7 de Maio de 1915 é lendário. A ideia inicial era arquivar aí tudo o que pudesse surgir com interesse sobre o tema das informações, da espionagem, das operações especiais. Tudo o que ali se arquiva vai, tal e qual, na língua em que surgem, em citação directa. Claro que o tempo fez-me interomper o registo. Decidi-me este fim-de-semana a retomar o trabalho, talvez por ter estado a chover.