The name's Bond, James Bond

Porque há milagres, terminei, com ilustrações do Abel Agostinho, um livro comemorativo do centenário do nascimento do escritor Ian Fleming. Ridicularizado por muitos por causa da criatura 007 que gerou e que Holywood degradou com a sua série de aventuras, há na sua vivência e na sua escrita mais profundidade do que imaginam os espectadores dos filmes inspirados na saga do agente que tinha «ordem para matar».
O texto está na tipografia e eu em ânsias quanto a ter saído alguma coisa mal. O lançamento é no dia 12, em Faro.